Salvação para as nações

O Jesus Ressuscitado declarou: "toda autoridade no céu e na terra me foi dada, Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações!"Como soberano exaltado sobre todas as coisas, despachou seus discípulos para anunciar seu senhorio e as Boas Novas da salvação aos "confins da Terra"."A era da salvação começou com sua morte e ressurreição; portanto, a oferta de reconciliação deve ser ouvida na terra até o momento em que o Filho do homem chegar "nas nuvens do céu.”

Deus exaltou Jesus ao trono messiânico onde agora reina sobre todas as coisas, assim como prometido nas escrituras: "dar – te-ei as nações por herança, e os confins da terra por possessão" - (Salmo 2:8).

Earth Photo by NASA on Unsplash
[Earth Photo by NASA on Unsplash]

Por causa de sua entronização, ele agora capacita sua Assembléia Para pregar suas Boas Novas a todo o planeta. "
Recebereis poder quando o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da Terra" – (Atos 2:8).

Por isso, toda a criação o proclamou "digno" de reinar sobre a Terra, aliás, sobre todo o Cosmos: "vós sois dignos de tomar o livro e abrir os seus selos, porque fostes mortos e comprados para Deus com o vosso sangue homens de toda tribo, língua, povo e nação, e os fizestes reino, sacerdotes para o nosso Deus, e eles reinam sobre a Terra" - (Apocalipse 5:9-10).

Por causa de sua morte "pelos nossos pecados", Deus o ressuscitou dentre os mortos e "o exaltou muito, concedendo – lhe o nome que está acima de todo nome", – JESUS-Aquele que reinará no trono davídico para todo o sempre. Ele agora é o "Rei dos Reis" e o "governante dos reis da Terra."As nações agora pertencem a ele, e não mais ao diabo – (1Co 15:1-6, FP 2: 6-11, Apocalipse 1:6-8,3:21, 5:5-14).

SEM DISTINÇÃO


Neste homem de Nazaré, o único Deus que criou todos os homens "falou" definitivamente e com grande finalidade, sobretudo na sua morte e ressurreição. As palavras dadas anteriormente "nos profetas" eram bastante verdadeiras, mas parciais e preparatórias. É somente seu filho que "alcançou a purificação do pecado", portanto, ele agora está sentado "à direita da Majestade nos altos" como o grande sumo sacerdote que medeia a vida de seu povo. Somente Jesus alcançou a salvação que foi predita pelos "profetas" – (HB 1:1-4).

A "justiça de Deus" está agora disponível a todos os homens "através da fé de Jesus Cristo para todos os que crêem, pois não há distinção."A oferta da salvação está aberta a todos os homens por causa da Fiel obediência de Jesus, Aquele que "morreu pelos nossos pecados" – (Romanos 3:21-22).

O pecado é o grande nivelador que anteriormente condenava todo homem, mulher e criança à escravidão, decadência, desesperança e morte, tanto "judeus como gregos."No final, nem a etnia nem o status econômico fizeram diferença. A morte aguardava todos e cada um.

Por causa de sua morte sacrificial, qualquer um pode receber posição correta diante de Deus, e na mesma base, seja judeu ou gentio, homem ou mulher, pobre ou rico; ou seja, "da fé de JESUS Cristo." Em resposta ao seu ato fiel, o homem ou mulher penitente é absolvido por Deus da sentença de morte, colocando fé em Jesus e no que Deus realizou nele.

Em sua declaração às igrejas de Roma, o Apóstolo Paulo empregou seu monoteísmo RADICAL para fazer o ponto. O único Deus de Israel é o Deus dos judeus e dos gentios. Nenhum homem ou mulher é favorecido ou desfavorecido diante dele por causa de descendência biológica ou origem nacional:

  • "Ou ele é o Deus somente dos judeus? Não é ele também o Deus dos gentios? Sim, também dos gentios, se é que Deus é um só, e justificará a circuncisão pela fé, e a incircuncisão pela fé" – (Romanos 3:29-30).

Sunrise - Photo by Stripe Media on Unsplash
[Photo by Stripe Media on Unsplash]

O NOVO POVO DE DEUS


Desde que seu filho "alcançou a purificação dos pecados", Deus tem criado uma nova comunidade composta de homens e mulheres de todas as nações que foram redimidos pelo sangue de Jesus.

  • "Mas vós sois uma geração eleita, um sacerdócio real, uma nação santa, um povo para possessão de Deus, para que manifesteis as excelências daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" - (1 Pedro 2:9).

Na passagem anterior, cada substantivo está no SINGULAR-um sacerdócio, uma nação, um povo. Independentemente de sua nacionalidade, Jesus está formando homens e mulheres em uma nova humanidade conformada à sua imagem. Toda pessoa que deposita fé em Jesus e se submete ao seu governo torna – se um membro desta comunidade e um "sacerdote" em seu Reino encarregado de refletir a luz do evangelho em um mundo muito escuro - (Efésios 2:15).

Nenhuma nação, civilização ou ideologia política pode reivindicar Jesus como sua propriedade exclusiva. Seu anúncio de salvação é uma mensagem de vida para cada homem, mulher e criança do planeta, portanto, transcende todas as fronteiras nacionais e culturais. Seu domínio é um reino UNIVERSAL, e ele e seus representantes sacerdotais proclamam uma mensagem para e para toda a humanidade, incluindo as nações da Terra.

Uma vez que este evangelho é para todos, no sentido mais verdadeiro, é uma fé universal. Todos os homens pecaram. Todo homem precisa de salvação e vida eterna. Ninguém merece, mas Deus graciosamente oferece a todos "livremente" em toda a Terra.

Finalmente, esta salvação é oferecida na mesma base para cada homem - a partir da fé de Jesus Cristo. Tudo o que podemos fazer é responder com fé ao que Deus alcançou por nós através da morte e ressurreição de seu filho.



POSTS RELACIONADOS:


Comments

POPULAR POSTS

Ekklésia - Assembly of God

The Mission